Contagem de Reticulócitos

Aula prática de Hematologia

A contagem de reticulócitos é o método mais simples para estudo da função eritropoética.
Os reticulócitos são eritrócitos jovens, recém-liberados pela medula óssea e que ainda contém o RNA ribossômico.
Não é fundamental que o exame de reticulócitos seja realizado durante a hemorragia, somente depois de 3 a 4 dias (período de produção da eritropoese nesses casos), o reticulócito só é lançado no sangue periférico depois do 3º dia, tal exame após esse período, é importante para verificar se houve resposta da medula óssea na eritropoese.
A função do exame de reticulócitos, é verificar a atividade da medula óssea em relação à eritropoese (funcionamento da medula na produção de eritrócitos). 
O valor de referencia dos reticulócitos é de 0,5% a 1,5%, no sangue periférico. 
A coloração é realizada com azul de cresil brilhante, também conhecida como supravital. Esse corante evidencia as organelas.

Materiais e Reagentes:

  • Lâmina de vidro;
  • Lâminas distensoras;
  • Corante Azul de cresil brilhante;
  • Tubos de ensaio;
  • Banho-maria à 37°C;
  • Microscópio óptico;
  • Óleo de Imersão.


Procedimento:

  • Colocar o sangue no tubo de hemólise na proporção de 1:1, ou seja partes iguais de corante e sangue (colhido por punção venosa com anticoagulante) em tubos de ensaio (gotas)
  • Homogenizar e colocar em banho-maria á 37°C por 10 minutos.
  • Retirar do banho-maria. Agitar e retirar uma gota para fazer uma lâmina (para leitura na objetiva).
  • Secar e examinar ao microscópio sob imersão.
  • Contar 10 campos, anotando o número de reticulócitos encontrados.
  • Expressar o resultado em percentagem e número absoluto. (O material contado é o que são as bolinhas azuis que contém tipo uma estrela dentro da hemácia).
  • Opcionalmente pode-se fazer coloração de fundo por Giemsa.
OBS: Referência varia de 0,5 a 1,5 % do total do número de hemácias.

Cálculos:          Reticulócitos em 10 campos
                    ------------------------------------------- = % de reticulócitos
                                               10
  ou

% de reticulócitos x Hm/ml
         ------------------------------------------- = reticulócitos/ml de sangue
100

Interpretação

O resultado é expresso em percentual e em número absoluto em relação a população de eritrócitos. Sua contagem serve para avaliar de forma efetiva a produção de eritrócitos, sendo útil no controle terapêutico, no diagnóstico diferencial e na classificação das anemias.

Valores normais:
  • No adulto.............................0,5 a 1,5% ou 25.000 a 75.000/mm3 sangue
Obs: estes valores aparecem discretamente aumentados na gravidez.
  • Recém-nascidos possuem maior numero de reticulócitos. O exame também é solicitado em casos de hemorragia e anemias hemolíticas (quando as hemácias são destruídas em grande quantidade).

Contagem de reticulócitos corrigida

Um paciente com um determinado grau de anemia deve ter a sua contagem de reticulócitos corrigida para que se determine o número de reticulócitos de acordo com o grau de anemia, o que muitas vezes mostra que uma contagem de reticulócitos normal pode estar tendo uma representatividade baixa para o paciente.

Veja a técnica e um exemplo:

Porcentagem de reticulócitos x hct do paciente
                                  Hct normal

Sabendo que um hematócrito considerado normal tem valor igual a 45% que representa a porcentagem da parte sólida do sangue e supondo que na contagem convencional a porcentagem de reticulócitos deste paciente tenha dado 1,2% e seu hematócrito 29:

Índice de reticulócitos = 1,2 x 29 = 0,77
                                               45

O que parecia uma contagem normal igual a 1,2% de reticulócitos passou a ser uma contagem abaixo do normal.

Causas de reticulocitoses

1. Esferocitose
2. Drepanocitose
3. Eritroblastose Fetal
4. Anemia aguda pós-hemorrágica
5. Anemia hemolítica autoimune adquirida
6. Hemoglobinúria Paroxística noturna
7. Resposta terapêutica satisfatória nas anemias carenciais

Causas de reticulopenias

1. Anemia Aplástica
2. Crise aplástica de anemia hemolítica
3. Anemias Megaloblásticas

A Reticulocitose é um bom índice da resposta terapêutica das anemias por carência de fatores hematopoéticos.
Uma anemia ferropriva responde à administração de ferro com reticulocitose até a sua inteira correção.
Reticulocitose na ausência de perdas sanguíneas ou tratamento de estados carenciais com ferro, folatos ou vitamina B12 é bastante indicativo de hemólise.


Leia também:
  1. Hematopoiese 
  2. Contagem de Hemácias e índices hematimétricos
  3. Eritropoiese 

FONTE


  • http://www.lookfordiagnosis.com/mesh_info.php?term=Eritropoese&lang=3 
  • http://pt.wikipedia.org/wiki/Hematopoiese 
  • http://pt.wikipedia.org/wiki/Eritr%C3%B3cito
  • http://pt.slideshare.net/andersongalvao2012/resumo-hemato
  • http://hematologiacarlao.blogspot.com.br/2009/03/contagem-de-reticulocitos-e-plaquetas.html
  • http://www.ebah.com.br/content/ABAAAAw-0AF/contagem-reticulocitos

Translate

Seguidores