Pomada de Própolis (extemporânea)

Pomada são preparações semi-sólidas destinadas à aplicação sobre a pele ou membranas mucosas, podendo conter substâncias medicamentosas ou não. Pomadas que não contém fármacos são utilizadas por seus efeitos físicos como protetoras, emolientes ou lubrificantes. As bases podem ser utilizadas por seus efeitos físicos ou como veículo para pomadas medicamentosas.


Aula prática da disciplina de Farmacotécnica Magistral 2

COMPOSIÇÃO

Tintura de Própolis
2%
Lanolina
30%
Vaselina
q.s.p. 100g


- Tintura de Própolis
A composição da própolis inclui 55% de resinas e bálsamos, 30% de cera, 10% de pólen e metabólitos secundários, incluindo flavonoides, ácidos fenólicos, além de minerais. É uma resina utilizada na limpeza da colmeia. Possui propriedades antimicrobianas e antiviróticas, devido a substâncias como galangina, ácido cafeico e ácido ferúlico.

Ação do Própolis:
  • Antimicrobiana (Meresta e Meresta,1985) 
  • Antiinflamatória (Dodrowolski, 1991) 
  • Cicatrizante (Tsakoff, 1978) 
  • Imunomoduladora (Matsuno, 1997) 
  • Antioxidante (Rajan, 2001) 
  • Antitumoral dentre outras (Ghisalberti, 1979) 
  • Antiviral imunomoduladora (R. Veronez e cols., 1988)

- Lanolina, USP
Obtida da lã de ovelha (derivado do latim: lana= lã e oleum = óleo.), é uma substância gordurosa purificada limpa, desodorizada e descolorida, que contém um máximo de 0,25% de água. É uma base de absorção, que são utilizadas como emolientes, embora não ofereçam o mesmo grau de oclusão das hidrofóbicas. 

- Vaselina branca (White petrolatum), USP
É uma mistura purificada de hidrocarbonetos semi-sólidos derivados de petróleo, total ou parcialmente descolorida. É considerada esteticamente mais aceitável por farmacêuticos e pacientes. É uma base hidrofóbica (ou de hidrocarbonetos). Quando aplicadas sobre a pele, causam efeito emoliente, protegem contra a perda de umidade e são efetivas como agentes oclusivos.


MATERIAIS

  • Almofariz (gral e pistilo)
  • Balança Analítica
  • Bastão de vidro
  • Becker
  • Espátula
  • Gral e pistilo
  • Papel laminado
  • Pipeta
  • Placa de aquecimento 


PROCEDIMENTO

  • Pese 30g de lanolina;



  • Pese 70g de vaselina;

  • Verta a lanolina e a vaselina no Becker, misturando-os;

  • Aqueça em banho-maria, misture até completa homogeneização, formando a pomada; simples;

  • Tare o gral e pistilo: coloque o gral e pistilo na balança e anote o peso (629,08g);
  • Pegue 2ml de tintura de própolis com o auxílio da pipeta;
  • Coloque q.s de pomada simples no gral e goteje a tintura de própolis sobre a pomada, homogeneizando-os;



  • Na balança, após tarar, coloque o gral e complete com pomada simples até 729,08g (peso do gral e pistilo vazio + pomada de própolis pronta).



FONTE

  • Formas farmacêuticas e sistema de liberação de fármacos. Loyd V. Allen Jr et al. 8ª ed. - Porto Alegre: Artmed, 2007
  • http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102-695X2008000300020&script=sci_arttext
  • http://www.sabaoeglicerina.com.br/extrato-glicolico-de-propolis-p582
  • http://pt.wikipedia.org/wiki/Apiterapia
  • http://www.anvisa.gov.br/medicamentos/catef/propolis.htm